30 de set de 2010

Cosmologia

Definição de cosmologia: Cosmologia é a Ciência que estuda a estrutura, evolução e composição do universo.

O inicio Cosmologia:

Desde as primeiras civilizações o homem procurou explicar a sua origem e do planeta, primeiro por meio da mitologia (Cosmologia Pré-Científica). Depois pela filosofia. O Inicio da Cosmologia Científica foi na Grécia, com os filósofos e matemáticos da época, que através de seus estudos e observações, procuraram ter uma noção do universo e do planeta.

Aristóteles determinou a teoria geocêntrica (de que todos os astros giravam em torno da terra). A teoria heliocêntrica só foi conhecida através de Nicolau Copérnico (1473-1543), amplamente divulgada e aprimorada por Kepler e comprovada pelas pesquisas de Galileu.

Teorias sobre a formação e evolução do universo

Relatividade geral

Em 1917, o físico alemão Albert Einstein (1879-1955) apresentou ao mundo o primeiro modelo cosmológico com base científica, este foi resultado da aplicação, ao universo como um todo, de sua teoria da relatividade geral. (as três dimensões espaciais, comprimento, altura e largura formam um uno indissociáveis com a quarta dimensão, o tempo). Esta Teoria dizia que o universo é estático e o espaço é encurvado pela presença de matéria, as partículas seguem trajetórias nesse espaço curvo. Essa teoria se aplicava a gravidade, como a força que mantém os corpos em orbita em volta do sol. Para explicar o fato deles não serem atraídos para mais próximo do sol Einstein colocou em sua teoria as constantes cosmológicas, nome dado a um tipo de força anti-gravidade, esta força reagiria contra a gravidade e deixaria o universo estático. Mas um universo estático não era compatível com sua teoria.

Modelo Cosmológico Padrão

Big Bang

Em 1927 – o astrônomo e padre belga Georges Lemaître (1894-1966) chegou a resultados teóricos que mostravam que o universo se expandia. Porém, foi além. Alegou que, se as galáxias hoje se afastam isso significa que, no passado, estiveram mais próximas. Lemaître calculou que toda a massa do universo esteve reunida num único ponto. Em 1933, ele deu a isso o nome de átomo primordial (algo extremamente quente e denso), que para criar o universo, teria se partido em inúmeros pedaços. Em 1950 Fred Hoyle sugeriu pejorativamente o nome "Big Bang" para o evento de início do Universo. A primeira descoberta que ajudou essa teoria foi a de Edwin Hubble, este descobriu que a nebulosa de Andrômeda, antes vista um filete de poeira estelar dentro de nossa galáxia na verdade é outra galáxia a milhares de anos-luz. E também descobriu que as inúmeras galáxias estavam se afastando da Via Láctea. Assim o universo que antes tinha 100 mil anos-luz passou a ter bilhões de anos-luz, isso comprovava a expansão. Mas está teoria não foi de imediata aceita pela comunidade cientifica, pois não existiam provas até então.

Teoria do estado estacionário

Criada por Fred Hoyle, a chamada teoria do estado estacionário defendia a eternidade do universo, portanto estático, daí o nome do modelo. Este se baseava na origem de alguns elementos da tabela periódica. Em temperaturas estremas o hidrogênio se funde transformando-se em Helio, e este se funde dando origem a elementos mais pesados. E ele acreditava que a essa nucleossíntese (a criação de novos elementos) ocorria no núcleo de estrelas muito quentes. Para explicar a origem do hidrogênio ele adotou a teoria que o hidrogênio e o Helio sempre existiram. Segundo a teoria o universo sempre teve a mesma aparência, densidade e temperatura, porém já se sabia de sua expansão, segundo a sua teoria o universo estaria infinitamente diluído, para explicar isso Hoyle disse que em algum lugar no universo a matéria estava sendo continuamente criada. Como idealizadores Alem de Hoyle havia os austríacos Thomas Gold (1920-2004) e Herman Bondi (1919-2005)

WMAP

A WMAP (Wilkinson Microwave Anisotropy Probe) é uma sonda da NASA cuja missão é comprovar as teorias sobre a origem e evolução do universo. Foi lançada em 30 de junho de 2001 de Cabo Canaveral, Flórida, Estados Unidos.

Prova do Big Bang

UM RUÍDO TENUE

Em 1964, por acaso, os físicos norte-americanos Arno Penzias e Robert Wilson, que trabalhavam no Laboratório Bell (Estados Unidos), detectaram, com o auxílio de uma antena de rádio, um ‘ruído’ extremamente tênue, porém persistente em todas as direções do céu. Quatro físicos norte-americanos, Robert Dicke (1916-1997), James Peebles, Peter Roll e David Wilkinson (1935-2002), que se preparavam para tentar medir a mesma radiação, logo perceberam do que se tratava: um ‘eco’ do Big Bang, um ‘eco’ de uma época em que as partículas de luz (fótons) passaram a viajar livremente, sem interagir com a matéria. Essa radiação fóssil tem hoje a temperatura de 2,725 kelvin (cerca de 270°C negativos) e é um ‘retrato’ do universo 380 mil anos depois do Big Bang.

TEORIA DA INFLAÇÃO Cósmica

Para explicar porque a temperatura da radiação de fundo é praticamente a mesma em qualquer direção do espaço, e como o universo se tornou homogêneo na primeira fase de sua expansão. Alan Guth concluiu que o universo, ainda muito quente e denso, tenha expandido violentamente por um curtíssimo período de sua história. Entre 10-35 e 10-32 s de vida, o universo se expandiu exponencialmente. Segundo essa teoria, universo surgiu há pelo menos 13,7 bilhões de anos, a partir de um estado inicial e temperatura e densidade altamente elevadas

WMAP

A WMAP (Wilkinson Microwave Anisotropy Probe) é uma sonda da NASA cuja missão é comprovar as teorias sobre a origem e evolução do universo. Foi lançada em 30 de junho de 2001 de Cabo Canaveral, Flórida, Estados Unidos.

De acordo com os modelos atuais do universo, os dados do WMAP e de outras ferramentas os físicos fizeram um modelo dos acontecimentos logo depois do Big Bang.

§ Menos de um bilionésimo de segundos depois do Big Bang, uma bolha muito menor que uma fração de um átomo se formou ela era extremamente quente, dentro dessa bolha estão às quatro forças da natureza: a gravidade, eletromagnetismo, e as força nuclear forte e a fraca, combinadas em uma super-força. A gravidade se separa da super força, enquanto o universo se expande.

§ Enquanto o universo continua se expandindo ele esfria, formando uma explosão de energia, alimentando a hiper-inflação do universo sugerida por Alan Guth, a inflação cósmica estabelece a uniformidade do universo, registrada pela WMAP.

§ Ante de o universo completar 1s de idade quando a super força se divide nas quatro forças da natureza

§ 3 min. após o Big Bang a temperatura do universo cai para quinhentos e cinquenta milhões °C, o bastante para permitir a formação do núcleo atômico e o surgimento do hidrogênio, alguns átomos se fundem criando o hélio, como na teoria proposta por Ganow e Apher.

§ 380 mil anos depois a luz viaja pela escuridão, aconteceu à explosão de radiação descoberta por Penzias e Wilson

§ Um bilhão de anos depois do Big Bang formam as estrelas produzindo elementos pesados como o nitrogênio, oxigênio e carbono como previsto por Hoyle.

§ Após nove bilhões de anos a matéria e a gravidade se condenam formando uma estrela perfeita, a pressão cria calor em seu núcleo acionando a fusão termo nuclear, nasce o sol, o fluxo estelar remove os resíduos gasosos.

§ Um disco de poeira se forma ao redor da estrela e eventualmente se expande criando uma serie de planetas e luas

§ Um desses blocos de poeira estelar após ser golpeado por fragmentos solares ao longo por muitos anos apresentou temperatura adequada para permitir a formação de água, e depois a vida.

§ 13,7 bilhões de anos ± 200 milhões de anos depois, nosso universo se expande por 150 bilhões de anos luz, e que está curvado em sua representação espaço-tempo com forma de cone.

§ Nosso sistema solar possui oito planetas e o terceiro deles é habitado por seres vivos compostos de carbono e outros elementos.

Mas o que ninguém sabe responder é:

  • De onde vieram essas forças?
  • Como podem ser tão poderosas?
  • O que causo que a gravidade se separar?
  • Como a temperatura mudou, e por quê?
  • Porque só a terra criou-se a vida?
  • Como pode ser tudo perfeitamente programado pela vida?

ISSO OS CIENTISTAS NÃO VÃO PODER RESPONDER OUTRA COISA A NÃO SER:

FOI DEUS QUE CROU TUDO PERFEITAMENTE PRONTO PARA QUE HOVESSE VIDA.